06/02/12

Algo que nunca partilhei com ninguém...

 ... mas que agora o vou fazer, porque me sinto à vontade para tal. Não me julguem mal, mas isto é algo que quero constatar por descargo de consciência. Tenho vindo a reparar que, sem essa intenção, tenho vindo a estragar algumas relações. Passo a explicar: eu tenho amigos, alguns deles esquecem-se do pormenor de que têm namorada e esticam-se na letra. Eu faço questão de os meter na ordem, porque se eu tivesse namorado e ele andasse a fazer o filme ou a tentar contar uma história a outra rapariga eu, com certeza que não ia achar piada nenhuma.
Eu não estou interessada em estragar a relação de ninguém, o que ganhava eu com isso? Nada. Mas a verdade é que com a minha frieza, com a distância que tento manter, isso tem causado efeito contrário ao do que eu desejava. Um rapaz, com o qual falei algumas vezes e sempre de forma fria e explicita de que não queria nada com ele, foi acabar com a namorada por minha causa, supostamente. É meninas, era um grande boi. Mas à conta disso quem está com fama de má da fita sou eu. A rapariga não me conhecia, mandou-me hoje mensagem, de certa forma a ameaçar-me, eu expliquei-lhe o que aconteceu. E por fim, ela disse-me 'ok. eu já tinha uma ideia do boi que o meu namorado era'. Mas se ela sabia disso porque que andava com ele?! Gostar só não chega. Disse-lhe isso e ela não gostou, temos pena. Eu só não quero andar com fama de uma coisa que não sou, e nunca fui: v*ca.
E rapazes? Quero-os bem longe. Se vocês soubessem o quanto preservo o meu espaço e a minha integridade ...

3 comentários:

  1. Adoro o teu blog, já o sigo! :)
    Passa no meu, tenho uma proposta de part-time ideal!
    Não nos ocupa tempo nenhum, não temos obrigações, não temos de ter experiência de vendas, basta mostrar o catálogo (ele vende-se sozinho, basta mostrar...) e ainda temos descontos em todos os produtos ;)

    ResponderEliminar
  2. Sabe tão bem ouvir esse tipo de elogios, nunca ninguém me tinha dado os parabéns pela pessoa que eu sou, fiquei extremamente feliz.
    Se não te importares vou continuar a dar-te novidades sobre este assunto.
    E, quanto a este texto, mais uma vez mostraste que és uma grande pessoa e não uma vaca como maior parte das raparigas de hoje são.

    ResponderEliminar
  3. fico muito babada com os teus elogios :))
    hoje eu tinha consulta na psiquiatra mas foi adiada :s

    ResponderEliminar